Abra-me: Visibilidades

A intervenção irá participar da Campanha de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa 2017, promovida pelo SESC São Paulo

ABRA-ME: Visibilidades é uma intervenção artística do grupo O Clube, que espalhará baús de presente pelas unidades do Sesc e seu entorno. Cada baú terá uma surpresa que sensibiliza sobre a valorização e respeito à pessoa idosa.

A obra é um gesto de afeto e reflexão sobre a situação da pessoa idosa em nossa sociedade. Cada baú guarda uma memória, um disparo poético sobre a velhice, dando visibilidade a essa questão.

ABRA- Me surgiu em 2017 para o aniversário da cidade de São Paulo, em que 463 presentes foram espalhados na cidade. Agora, os baús convidam as pessoas, de forma espontânea, a serem surpreendidas e refletirem sobre as questões do envelhecer.

Além da intervenção nos locais, o projeto amplia seu alcance com o vídeo produzido pela LAB 61 revelando como as pessoas interagem com os baús e suas surpresas. A ação é um ato de carinho e reflexão sobre a passagem do tempo e o respeito à pessoa idosa.

“A intervenção é um respiro para se pensar sobre a situação da pessoa idosa em nossa sociedade. Recriar Abra-Me para Campanha foi um importante exercício de refletir sobre o envelhecer e como formas de violência ainda são praticadas, desde o abuso financeiro ou infantilizar o idoso. Nós, do Clube, acreditamos que os baús com seus conteúdos poéticos como uma flor e um saquinho de sementes e o dizer: Cultive afeto! , é um disparo poético que nos faz lembrar da importância do cuidado, do respeito, do constante exercício da alteridade. “diz Pâmella Cruz, integrante do grupo.

Campanha de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa 2017

Período de 15  22 de junho em várias unidades do Sesc.

“A violência que não é percebida é uma violência?”

A Campanha de 2017 abordará as violências veladas, com ênfase em situações pelas quais os idosos passam e que, muitas vezes, não são percebidas como violência por eles e/ou por seus praticantes, tais como abuso econômico e financeiro, abuso psicológico, abandono e negligência, violência intrafamiliar, entre outras.

A intenção é reforçar a importância em se estabelecer compromissos éticos pautados na alteridade e corresponsabilidade, por meio da participação social e do diálogo, e assim, permitir que todos os indivíduos, independentemente de sua idade, sintam-se respeitados e adotem posturas de comprometimento e cuidado com o outro.

Dias da Intervenção

15/06 – Sesc São José dos Campos 14h

17/06 – Sesc Jundiaí 14h

18/06 – Sesc Sorocaba 14h

19/06 Sesc Consolação 12h e 18h

21/06 Sesc Piracicaba 14h